Delegada da DDM palestra sobre segurança pública para mulheres

Delegada da DDM palestra sobre segurança pública para mulheres

Durante o mês de Agosto a vereadora Vanessa Botam promoveu uma série de atividades para destacar a necessidade do combate à violência contra a mulher. Para encerrar as ações, a parlamentar promoveu a palestra sobre segurança pública em defesa da mulher, ministrada pela delegada Dr. Maria Luísa Rigolin, titular do município e da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Capivari. O evento também contou com a presença do deputado federal Guiga Peixoto.

Com os devidos cuidados de distanciamento e higienização, inclusive com a distribuição de máscaras, o evento foi realizado na Câmara Municipal. De acordo com dados estatísticos, os casos de violência contra a mulher têm sido cada vez mais frequentes em muitos lares e essa situação se intensificou durante a pandemia. A necessidade de prestar as devidas informações a respeito de prevenção, formas de violência e como denunciar os casos motivaram a vereadora Vanessa Botam a promover ações referentes ao Agosto Lilás.

Os deputados Arnaldo Jardim (Federal) e Alex de Madureira (Estadual) não puderam comparecer por compromissos previamente agendados, mas enviaram vídeos parabenizando a parlamentar pela iniciativa. “É enorme o crescimento da violência contra as mulheres idosas, esse um alerta da ministra Damares. Parabenizo a boa vontade da competente vereadora Vanessa em mostrar a necessidade do combate à violência contra as mulheres. Então, que o Agosto Lilás seja o ano inteiro e não apenas durante um mês”, ressaltou o deputado federal Guiga Peixoto, que destacou o telefonema feito para a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, que afirmou ter sido criada em Rio das Pedras. Guiga Peixoto tem um projeto de lei que torna imprescritível o crime contra pessoas vulneráveis.

“É um orgulho termos mulheres em profissões tão importantes, como da delegada Dr.ª Maria Luísa. Não posso deixar de falar das vereadoras Mariane de Mombuca, Ana Lúcia de Saltinho e Ana Pavão de Piracicaba. São mulheres fortes e guerreiras que lutam para que as cidades desempenhem seus trabalhos da melhor maneira possível”, destacou a vereadora Vanessa Botam, que completou: “este é um assunto muito relevante e urgente. Apresentei ao prefeito 20 indicações de defesa dos direitos da mulher, muitos deles que devem ser feitos por meio de Projetos de Lei com a autoria do Executivo. Sugeri a criação do “Botão do Pânico”, um abrigo para mulheres e seus filhos vítimas de violência, da Patrulha Maria da Penha, Conselho de Defesa dos Direitos da Mulher, entre outros”.

Logo no início de sua palestras, a dr.ª Maria Luísa Rigolin destacou que a violência contra a mulher não é um assunto de modinha. O Brasil é o quinto país com mais assassinatos de mulheres no mundo. De acordo com a delegada, apenas 10% dos casos de violência tem o Boletim de Ocorrência registrados junto às delegacias.

“Nós culturalmente aceitamos determinados comportamentos que parecem comum por estarmos inseridos em uma sociedade patriarcal e machista. Quando aceitamos esse tipo de comportamento e passamos para nossos filhos, perpetuamos que essa condição e adiamos a possibilidade de termos uma sociedade igualitária”, alertou a delegada.

Vanessa Botam contou ainda ter o sonho de ver homens não agredindo suas mulheres, de filhos não agredindo suas mães. Agressões essas que podem ser moral, psicológico, sexual, física ou patrimonial. A vereadora elaborou projeto de lei para instituir o Agosto Lilás e seus parceiros vereadores, todos homens, aprovaram o projeto. O Executivo vetou, mas o Legislativo derrubou o vetou e fez o Agosto Lilás virar lei.

“A informação é a melhor forma de prevenção e, para os casos de violência já praticados, a atuação dos profissionais de segurança pública é fundamental. O poder público e o judiciário precisam abraçar a causa com maior empenho, em especial no que diz respeito à Câmara e Prefeitura. Se todas as medidas a serem tomadas resultarem na preservação de uma única vida, todo esse trabalho feito já terá valido a pena”, finalizou Vanessa Botam.

Com os devidos cuidados de distanciamento e higienização, inclusive
com a distribuição de máscaras, o evento foi realizado na Câmara Municipal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Matérias Relacionadas