DesenvolveSP irá financiar construção de Estação de Tratamento de Esgoto

DesenvolveSP irá financiar construção de Estação de Tratamento de Esgoto

A Prefeitura de Rio das Pedras assinou contrato de financiamento sem cobrança de juros junto ao DesenvolveSP para construir a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) na cidade. São R$ 5 milhões financiados pelo Governos do Estado, com contrapartida do município de R$ 1,7 milhões para viabilizar a construção, que já foi licitada e aguarda apenas a emissão da Ordem de Serviço para começar.

A ETE de Rio das Pedras terá quatro lagoas para tratamento dos esgotos sanitários, sendo duas anaeróbias (onde o esgoto é tratado por bactérias que não consomem oxigênio), duas lagoas aeróbias (onde o esgoto é tratado por bactérias que consomem oxigênio) e de desinfecção; uma estação elevatória de esgoto bruto, linhas de recalque e emissário de esgoto tratado, com escadas hidráulicas que favorecem a oxigenação dos efluentes. 1,7 mil quilos/dia de carga orgânica deixarão de ser lançados in natura do Ribeirão Tijuco Preto.

Com a obra, que tem prazo de conclusão de 12 meses, será cumprido o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) do Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente (GAEMA). “Está obra é a muito impactante para cidade, pois nunca desde a criação do município tivemos o esgoto tratado. Temos o dever de garantir tratamento de esgoto e abastecimento de água a todos os rio-pedrenses e buscamos sempre investimentos para colocar em prática projetos que contribuem para a evolução do nosso trabalho. A conquista deste desta Estação de Tratamento de Esgoto é uma grande vitória para nossa cidade”, explica David Gonçalves, presidente do Serviço de Autônomo de Água e Esgoto (SAAE).

Projetada para tratar o esgoto doméstico de 50 mil habitantes, a ETE irá atingir mais do que 100% da população atual, deixando reservas para o crescimento projetado de Rio das Pedras. O secretário de Meio Ambiente, Murilo Merloto, comemorou a construção da Estação: “estão sendo aplicadas multas diárias por não realizar o serviço de tratamento de esgoto, o que também gerou prejuízos graves em nosso ribeirão Tijuco Preto. Fico muito satisfeito com essa conquista, é uma vitória para os rio-pedrenses essa viabilização do saneamento básico de 100% tratado”.

Essa é uma vitória social e saúde para todo cidade. O empreendimento vai colocar Rio das Pedras no nível de outras municípios que já têm o saneamento funcionando. “Fazemos parte das bacias do rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ), temos expectativas de melhorar nossa cidade em todos os sentidos”, finaliza.

A qualidade de vida e as condições higiênicas melhorarão nas áreas onde o sistema operará com o descarte correto do esgoto. O sistema de tratamento de efluentes fornece uma maneira mais saudável e apropriada de gerenciar os resíduos de hotéis, condomínios residenciais e indústrias.

Além dessa construção da estação de saneamento, a prefeitura – através do SAAE – irá mapear todos os pontos de vazamentos do município, o que irá ajudar a reduzir o desperdício de água.

Davi Gonçalves, afirmou que “o valor disponibilizado foi liberado mediante apresentação de documentos comprobatórios dos investimentos, o que foi apresentado pelos gestores da atual administração. Todo o registro documental encontra-se em procedimento administrativo próprio”.

Para o secretário de Administração e Recursos Humanos, Daniel Gonçalves, “é uma obra esperada há muitos anos e que vai permitir o tratamento pra toda a cidade. Com isso, conseguiremos ampliar o nosso Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que é levado em conta pelas empresas que buscam o interior para fazer investimentos”, disse.

Lagoas de tratamento feitas em 2012
Futura ETE terá capacidade para tratar esgoto de 50 mil habitantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Matérias Relacionadas