Solpack Agronet reduz carga horária e mantém salários dos funcionários

Solpack Agronet reduz carga horária e mantém salários dos funcionários

A Solpack Agronet inovou na promoção de qualidade de vida e condições de trabalho para seus colaboradores. No ano de 2020 realizou a redução da carga horário para os funcionários que atuam na linha de produção de 8 para 6 horas diárias. Com isso, a indústria que opera nas 24 horas do dia, passou de três para quatro turnos. A ousada modificação deu tão certo que a equipe do setor administrativo também passará (passou) a atuar em 6 horas diárias.

Além de proporcionar mais tempo livre aos funcionários e valorizar as horas trabalhadas, a empresa precisou contratar mais profissionais para atuar durante o novo turno adotado. “Pode parecer estranho para quem é empresário, mas é preciso pensar um pouco fora da caixa.

Com a redução da jornada de trabalho, não há mais intervalo de uma hora para refeições. Fazemos uma pausa de 15 minutos para um lanche em cada turno. A produtividade e nível de atenção dos funcionários aumentaram muito. O resultado final foi o aumento em 25% da produção e, com esse incremento na receita, custeamos o crescimento no quadro de funcionários”, explica Alda Maria Car, gerente geral da Solpack Agronet.

Para tomar tal decisão, a direção da empresa pesquisou outras indústrias que tomaram atitudes simulares. O aumento na produção é reflexo do ganho na qualidade das condições de trabalho. “Estudos comprovam que o profissional não consegue permanecer 8 horas focado. O nível de suspensão é muito maior. Além disso, o psicológico ganha com a melhora da qualidade de vida, convívio familiar, há mais tempo para estudar e se aprimorar, ser responsável pelo seu tempo”, continua Alda. A gerente destaca também que houve a redução no número de atestados médicos apresentados.

Embora não haja informação de outras empresas na região adotando o mesmo sistema de redução da carga horária sem afetar os salários, os resultados alcançados pela Solpack Agronet indicam resultados positivos com a medida. “Aumentamos o número de funcionários e nosso maquinário graças ao crescimento na produção em 25%, que tem se mantido estável. Pensamos no bem estar dos funcionários e da empresa. Tivemos a ousadia de dar mais tempo aos colaboradores, quebramos paradigmas e estamos colhendo os frutos”, pondera Alda Car.

A gerente geral da Solpack Agronet faz questão de aconselhar aos empresários para que ponderem a possibilidade de adotar turnos de 6 horas. “Mais do que aumentar os ganhos da indústria, é pensar no bem-estar da cidade, que passa a ter pessoas com maior qualidade de vida, que terão mais tempo para consumir no comércio local e fazer os recursos financeiros girarem a economia. É ajudar a construir um lugar melhor para todos”, finalizou, lembrando o lema da Solpack: tecer para proteger.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Matérias Relacionadas