SJSP e Fenaj emitem nota de repúdio à tentativa de cercear a liberdade de imprensa

SJSP e Fenaj emitem nota de repúdio à tentativa de cercear a liberdade de imprensa

Por Redação – Sindicato dos Jornalistas de São Paulo

No dia 11 de março de 2022, o jornal O Verdadeiro, da cidade de Rio das Pedras (interior de São Paulo), publicou matéria em que replica informações publicadas pelo portal Repórter Brasil, no dia 7 de março, sobre a condição da água consumida no município (Mapa da Água).

Após a reportagem, o jornalista Alex Garcia Calmont, responsável pela publicação, passou a ser hostilizado pelo executivo municipal. Segundo relato do jornalista, em evento público, o prefeito da cidade o insultou e dias depois, o assessor de comunicação da Prefeitura publicou um vídeo de 7 minutos em que profere diversas ofensas ao jornalista, o acusa de má fé e falta de caráter, incentiva a população a abordar o jornalista na rua, aos anunciantes do jornal retirarem seus patrocínios e sugere que ele seja demitido de um cargo que ocupa no gabinete de uma vereadora local.

O jornalista Alex Calmont registrou boletim de ocorrência contra o assessor da Prefeitura.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) repudiam a atitude da assessoria de imprensa da Prefeitura (em que pese no vídeo o autor das ofensas dizer que fala em seu nome apenas).

Toda matéria pode sofrer contestação, mas os caminhos para isso são o pedido formal de resposta e, se necessário, acionar as vias judiciais. Não é admissível que um profissional de comunicação, em um posto estratégico em uma administração, use as redes sociais para atacar e tentar coibir o trabalho jornalístico. O Sindicato e a FENAJ não admitem esse tipo de tentativa de cerceamento à liberdade de imprensa.

São Paulo, 16 de março de 2022

Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo
Federação Nacional dos Jornalistas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Matérias Relacionadas