Erosão derruba calçada de deixa cabeceira de ponte exposta

Erosão derruba calçada de deixa cabeceira de ponte exposta

As constantes chuvas no início do ano fizeram a erosão aumentar nas margens do Ribeirão Tijuco Preto e provocar a queda de parte da calçada na Ponte Leonel de Souza, entre a Avenida dos Operários e Rua Tiradentes, no Centro. O trecho foi interditado para pedestres pela Prefeitura, mas o trânsito de veículos segue normalmente.

Com o deslizamento de terra, a cabeceira da ponte ficou exposta, permitindo inclusive ver o leito do ribeirão por entre as armações de concreto. A situação pode comprometer a estrutura da ponte caso o reparo não seja feito de forma breve. A demora no conserto pode encarecer a obra também.

Nas margens do Tijuco Preto do lado da Rua Tiradentes, a terra tem cedido de maneira constante, deixando à mostra um dos suportes de outdoor instalado próximo. Esse desgaste pode provocar a queda da placa de propaganda.

A ponte é um dos principais acessos de moradores dos bairros São Cristóvão, Jardim Montagnani e CDHU para o Centro. Enquanto o reparo não é realizado, pedestres precisam caminhar pela rua, dividindo espaço com os veículos.

Questionada, a Prefeitura informou que realizou levantamento de custos para abrir licitação e que as providências sejam tomadas para a manutenção. Porém, não foi informado quando os reparos necessários acontecerão e nem o que será feito para conter a erosão que pode prejudicar inclusive a estrutura do asfalto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Matérias Relacionadas