Governo do Estado anuncia investimentos em Rio das Pedras

Governo do Estado anuncia investimentos em Rio das Pedras

O vice-governador e secretário de Governo do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), anunciou a instalação de novas unidades do Poupatempo em três cidades da região de Piracicaba. Segundo o anúncio, os novos postos serão instalados em Iracemápolis, Rio das Pedras e São Pedro.

A intenção é realizar cerca de 130 atendimentos por dia em cada um deles. O objetivo é viabilizar os projetos por meio de convênios entre os governos estadual e municipal, cabendo às prefeituras a participação nas indicações e escolhas dos locais e infraestrutura dos imóveis. A parceria permite ainda a inclusão de serviços municipais nos canais digitais do Poupatempo.

Investimentos do Estado – Durante a abertura do mutirão Retoma SP, em Piracicaba, Garcia anunciou também a aplicação de R$ 33,2 milhões em recursos do Estado em projetos de retomada econômica, programas sociais, infraestrutura urbana e melhorias habitacionais para a região de Piracicaba.

Para Rio das Pedras, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Regional, foi autorizado o convênio para asfaltar ruas de terra no valor de R$ 2 milhões. O repasse será feito por meio do programa Nossa Rua é uma parceria inédita entre o Governo do Estado e Prefeituras para investimento público conjunto em pavimentação. Outro convênio firmado com Rio das Pedras por meio da Secretaria de Desenvolvimento Regional é para o repasse de mais R$ 250 mil.

Questionada, a Prefeitura não informou quais serão as vias de terra que receberão asfalto, nem onde será aplicado o recurso de R$ 250 mil. A Administração Municipal também não informou onde será instalada a unidade do Poupatempo em Rio das Pedras.

Av. Carolina Mendes Thame – Uma das possibilidades de via ainda de terra em Rio das Pedras é a Avenida Carolina Mendes Thame, no bairro Recanto dos Universitários. No começo do ano o prefeito Marcos Buzeto recebeu uma comissão de moradores em seu gabinete, em reunião intermediada pela vereadora Vanessa Botam. Na ocasião, havia sido prometido o asfalto para a via até o aniversário da cidade, em julho. Contudo, até o momento, o asfalto não foi realizado.

Outra possibilidade seria a utilização de um empréstimo bancário já autorizado pela Câmara de Vereadores na gestão anterior. Contudo, o atual governo descartou a hipótese. Enquanto a situação não é resolvida, os moradores convivem com a poeira em dias secos e com a lama em dias chuvosos.

Fachada do Poupatempo. Poupatempo/Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Matérias Relacionadas