PF faz apreensões e apura suposta venda de dinheiro falso pela internet

PF faz apreensões e apura suposta venda de dinheiro falso pela internet

A Polícia Federal (PF) de Piracicaba investiga suposto esquema de venda de cédulas de dinheiro falso na internet. Nesta terça-feira (9), a corporação apreendeu oito cédulas falsificadas em três endereços de Rio das Pedras, em cumprimento de mandados de busca e apreensão.

As ações integram a Operação Finória, voltada à repressão ao crime de moeda falsa. A investigação teve início quando uma vítima relatou ter anunciado seu celular em rede social e que uma mulher comprou o aparelho entregando cinco cédulas de R$ 50 e três de R$ 100 falsificadas. Uma mulher, que se identificou ao telefone como Raquel, manteve contato com a vítima via aplicativo de mensagens de rede social, afirmou estar interessada, quando então marcaram encontro para finalizar o negócio.

A falsária efetuou o pagamento do valor combinado mediante a entrega de cinco cédulas de R$ 50,00 e três de R$ 100,00, cujas numerações em cada valor eram coincidentes. A vítima, porém, só percebeu a fraude depois que a falsária já havia deixado o local. Instaurado o inquérito, as providências de polícia judiciária tomadas culminaram com a identificação de um casal da cidade de Rio das Pedras.

Quando do cumprimento dos mandados, a mulher foi localizada e ao ser entrevistada a respeito dos fatos confirmou de plano ter adquirido cédulas falsas pela internet em mais de uma ocasião, assim como confirmou a compra do celular da vítima, conforme acima narrado.

A investigação agora prossegue voltada a identificar a origem das cédulas, ou seja, quem as está falsificando e distribuindo pela internet. O crime de moeda falsa, previsto no artigo 289 do Código Penal, prevê pena em de reclusão de 3 a 12 anos, e multa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Matérias Relacionadas