Rio das Pedras decreta Estado de Calamidade Pública

Rio das Pedras decreta Estado de Calamidade Pública

A Prefeitura de Rio das Pedras decretou, na última sexta-feira (1º), Estado de Calamidade Pública em virtude da forte estiagem que afeta a região. Dependente de captação de água superficial, os reservatórios que abastecem ao município estão quase secos, com o SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) fazendo a transposição de água em reservatórios mais distantes, como na Fazenda Monte Belo.

Com o decreto, o Executivo está autorizado a abrir mão da legislação vigente para agilizar a execução de melhorias que reduzam os danos causados pela falta de chuvas, como por exemplo a dispensa de licitação para contratação de serviços e equipamentos. Ao SAAE, fica permitida a adoção de medidas que visem reduzir o uso e eliminar o desperdício de água, amenizar os riscos de desabastecimento, além de estimular a redução do uso de água junto aos consumidores.

Entre as medidas previstas e autorizadas estão requisitar o uso de reservatórios particulares e confiscar temporariamente minas d’água para reforçar o abastecimento. Durante o período do decreto – que tem prazo de 90 dias, podendo ser prorrogado por mais 90 – SAAE e Prefeitura deverão manter campanhas informativas, orientadoras e educacionais sobre o uso racional da água potável.

De acordo com nota oficial da Prefeitura, o decreto facilita ações como a contratação de empresas que possam ajudar no fornecimento de água, comprar equipamentos para transportar, armazenar, tratar e distribuir a água de forma mais eficiente. “Permite também que o SAAE use de reservatórios, minas d´água, nascentes que se encontram dentro de propriedades particulares como reforço ao abastecimento da cidade. Poder fiscalizar o mau uso e o desperdício de água.”
Ações recentes – O SAAE iniciou nesta quarta-feira (6) a transposição de água em um reservatório existente entre o poço artesiano do Viegas e o bairro Luiz Massud Coury. A autarquia espera puxar cerca de 300 mil litros de água por dia. Para a transposição, mais uma vez a Prefeitura instalou sistema de tubulação para fazer o trajeto da captação.

Mais uma ampliação do racionamento – Na segunda-feira (4), o SAAE anunciou mais uma ampliação no período de racionamento de água. Dessa vez o fornecimento de água passou a ser durante 12 horas, com interrupção de 36 horas. Assim, a água foi distribuída até às 6 horas de segunda-feira (4), na madrugada de quarta-feira (6) e sexta-feira (8). O próximo fornecimento será entre às 18 horas de sábado (9) e 6 horas de domingo (10).

Mesmo com a alteração do racionamento, algumas casas do São Cristóvão voltaram a ficar sem água, uma vez que não foram abastecidas na madrugada de quarta. “Nesta quarta e quinta-feira um caminhão esteve pressurizando a rede. Enquanto isso, desde que terminou o fornecimento na terça-feira, estamos correndo para conseguir no mínimo 12 milhões de litros de água bruta para tratarmos e colocar na rede após às 18 horas”, explicou o prefeito Marcos Buzetto.

O SAAE anunciou mais uma ampliação no período de racionamento de água

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Matérias Relacionadas