Novos casos de Covid caem pela metade em três semanas

Novos casos de Covid caem pela metade em três semanas

Rio das Pedras parece ter passado pelo pico de casos do novo coronavírus (Covid-19) na semana entre 20 e 26 de julho. De acordo com os boletins epidemiológicos divulgados diariamente pela Secretaria da Saúde, nesse período foram registrados 114 novos casos, enquanto que na semana anterior e na posterior 87 pacientes foram infectados em cada. Três semanas depois, o número de novos casos caiu para 56.

O número de casos subiu pouco a pouco desde a segunda semana de junho, quando ocorreram 27 novos casos. Em julho os casos quase dobraram entre a segunda e a terceira semana, passando de 47 para 87 novos casos. “Essa evolução também aponta o período em que mais fizemos testes na cidade. Contudo, a evolução do Covid em Rio das Pedras é muito semelhante ao que tem ocorrido em nossa região e acompanha a queda que está acontecendo no Brasil”, explica Filemon Silvano, secretário de Saúde.

Nesta quinta-feira (20), o boletim epidemiológico aponta que Rio das Pedras tem 71 pessoas com o vírus ativo, sendo 64 em isolamento domiciliar, quatro internados em enfermaria e três na UTI. Casos suspeitos somam 27, sendo 26 em isolamento domiciliar e um internado na enfermaria. Até o momento, 18 vidas rio-pedrenses foram perdidas para o Covid. Os casos recuperados chegaram a 600 pessoas.

Embora haja equilíbrio entre os sexos, as mulheres aparecem com sete casos a mais do que os homens. As faixas etárias mais afetadas são de 30 a 39 anos e de 40 a 49 anos, com 174 e 141 casos, respectivamente. Nos óbitos, foram dez homens e oito mulheres, cinco com idade entre 60 e 69 anos e seis entre 70 e 79.

A região com maior número de casos é a Sul, composta pelos bairros Lúcia Taranto Marrano (Nosso Teto), Luiz Massud Coury, Dona Rosina, Cambará, Jorge Coury, Dr. Raul Coury, Bom Jesus I e II. São 205 casos, sendo 181 já recuperados. No Centro está o menor número de casos, com 79 positivos e 70 já recuperados.

Investimentos – Rio das Pedras é a quarta cidade que mais investiu no combate ao Covid dentre as 26 que compõe o DRS-10 (Departamento Regional de Saúde) de Piracicaba. De acordo com levantamento feito pelo MPSP (Ministério Público do Estado de São Paulo), até 13 de agosto a cidade investiu R$ 53,08 por habitante para enfrentar a pandemia.

O maior investimento foi de Corumbataí, com R$ 61,17 por habitante, quanto que Piracicaba teve o menor investimento: R$ 4,48. Águas de São Pedro, Capivari e Santa Cruz da Conceição não apresentaram dados ao MPSP.

“Atuamos em várias frentes, mas principalmente no teste de pacientes. O Governo do Estado disponibilizou pouco mais de 300 testes rápidos, mas realizamos cerca de 2 mil exames. Essa diferença foi comprada pela Prefeitura, com recursos próprios para testar a população. Também criamos uma tenda para triagem, disponibilizamos telefones para contato direto para denúncias de aglomerações e tirar dúvidas sobre o Covid, entre outras ações”, relatou Filemon Silvano.

Gráfico mostre evolução do Covid em Rio das Pedras
Gráfico mostre evolução do Covid em Rio das Pedras

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Matérias Relacionadas